Grandes ideias, e não somente grandes orçamentos, geram ótima publicidade para o mercado de luxo

29 Jun 2018

Os influenciadores são um grande fator em ascensão no mundo do luxo, mas as marcas deste segmento precisam entender que o número de seguidores é menos importante do que as características do público.

Fonte: Danny Parisi, Luxurydaily.com

 

No evento Financial Times Business of Luxury Summint, que ocorreu no dia 22 de maio de 2018, a fashion model que se tornou editora, Giovanna Battaglia Engelbert, falou com Lionel Barber sobre a origem dos influenciadores na moda e como as marcas podem fazer o seu melhor para aproveitar o poder dessas personalidades da mídia social. O que ficou claro é que as marcas precisam primeiro entender o seu público e depois escolher o influenciador certo para se comunicar.

Battaglia afirmou: “Você deve conhecer o seu público. Não é necessário contratar um influenciador com milhões de seguidores. Você pode contratar alguém com 5 milhões de seguidores, mas esse público pode não ser adequado para o que você quer.”

 

Marketing de Influência:

Para muitas marcas, os influenciadores são a nova promessa para bons negócios. Eles contabilizam milhares de seguidores engajados, que podem ser utilizados de forma proveitosa pelos profissionais de Marketing para atingir os clientes em um nível mais profundo. Battaglia enfatizou o aspecto “dedicado” dos seguidores, e afirmou que os engajados são mais úteis para as marcas do que influenciadores com públicos grandes, porém distintos.

Por mais novo que o trabalho de influenciador digital possa parecer, a ideia central do conceito de um influenciador é parte fundamental dos negócios de luxo há décadas. “A Moda sempre foi sobre influências e inspirações”, afirmou Battaglia. “Coco Chanel foi uma grande influenciadora da sua época, porque inspirou as pessoas a se vestirem como ela.” A editora também falou sobre as plataformas nas quais os influenciadores digitais atuam, como o Instagram. E que as marcas devem estar atentas para quando o Instagram não for mais a principal plataforma, pois deverão migrar rapidamente para as novas mídias de sucesso.

 

Grandes Ideias:

Apenas porque os bens de luxo são caros não significa que o marketing também precisa ser. Battaglia falou enfaticamente sobre como as marcas podem criar publicidade atraente e de alta qualidade com um orçamento menor. A chave do sucesso é garantir que a ideia por trás da campanha seja forte e atraente, pois algo simples não vai entregar a mensagem. É preciso ter uma grande ideia e criar um ótimo conteúdo, desenvolvendo os detalhes para deixar a ideia visualmente atraente.

De acordo com o relatório da Launchmetrics, as marcas estão investindo fortemente em influenciadores digitais, com 60% dos profissionais de marketing planejando crescer o investimento nestes profissionais no próximo ano. Diante do crescimento dos consumidores das gerações Y e Z, responsáveis por impulsionar o avanço do mercado de luxo atual, o marketing de influenciadores se tornou um componente vital para o engajamento destas gerações.

“Meu conselho seria usar o boca-a-boca porque é gratuito e verídico”, disse Battaglia. “O conteúdo gerado espontaneamente é sempre a melhor propaganda.”

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Curtir
Please reload

Destaques

Pós-venda: o retorno do cliente pode ser uma oportunidade de ouro.

01.06.2017

1/1
Please reload

Recentes