Como algumas marcas estão fazendo produtos sob medida de forma acessível?

10 Jul 2018

O objetivo é fornecer produtos com o ajuste perfeito, utilizando serviços que antes só estavam disponíveis para um grupo seleto.

Fonte: Dhani Mau, Fashionista.com | Photo: WaveHunt solutions

Existe uma verdade universal sobre os seres humanos que quase todo o mercado de vestuário ignora: os corpos das pessoas são completamente diferentes e escolher um tamanho numerado está longe de ser uma garantia que irá servir. Como resultado, as pessoas experimentam vários produtos e aprendem quais marcas têm uma modelagem que melhor se adapta ao seu corpo, ou ainda, se houver tempo e dinheiro, levam as roupas para alfaiates fazerem ajustes ou produtos sob medida.

Mas isso está virando passado: algumas startups estão desenvolvendo tecnologia para os varejistas usarem com seus clientes em busca do produto que melhor se encaixa em cada tipo de corpo. A Amazon, por exemplo, está contratando uma equipe inteira dedicada a ajudar o cliente a encontrar o produto que melhor atende às suas medidas. Além disso, uma nova onda de empresas está tornando mais acessível o processo de roupas e calçados sob medida. No momento atual, onde o varejo passa por situação turbulenta, estas são maneiras de se destacar e atrair clientes fiéis.

"Os clientes definem um grande serviço quando conveniência, facilidade e experiência atuam juntos", explica Paul Doherty, vice-presidente e gerente de mercadorias da Nordstrom, cuja nova loja masculina de Nova York conta com uma tecnologia sob medida chamada Custom Suit Visualizer. A ferramenta interativa permite que o cliente veja um traje em realidade aumentada vestindo um avatar com suas medidas para garantir um ajuste perfeito. "Os clientes podem passar pela experiência do visualizador em realidade aumentada ou optar por peças sob medida, porém da forma tradicional utilizando o serviço de um alfaite.” 

A co-fundadora da marca Margaux, Alexa Buckley, afirmou: “Com a amplitude de opções que existe hoje no mercado, a ideia de que alguém possa encontrar algo feito especialmente para si, é forte motivo para fidelizar o cliente.

O dimensionamento é, sem dúvida, um grande desafio quando você está produzindo peças sob medida ao invés do tamanho tradicional. Diversas marcas já estão trabalhando neste conceito há mais tempo, conheça algumas que se destacaram:

 

Amanu:

A estilista das celebridades, Anita Patrickson, estava em férias em Capri (Itália) quando se deparou com uma lojinha fazendo sandálias de couro sob medida. Ela ficou encantada e impressionada com a experiência. Ao voltar para o seu atelier, ela começou a trabalhar para reproduzir a sua experiência nas terras italianas para a sua pequena loja em West Hollywood, em Los Angeles.

Ela convocou um sapateiro italiano para treinar seu grupo de funcionários – eles podem fazer diversos estilos e modelos em apenas 15 minutos, e o cliente pode customizar todos os detalhes. Enquanto o serviço atualmente só está disponível na loja, Patrickson está trabalhando na aplicação de tecnologia que permitirá ao cliente obter um ajuste personalizado em casa, seja pela impressão 3D de um molde ou por um software que cria uma renderização digital.

Além de proporcionar uma experiência luxuosa e pessoal, o aspecto de sustentabilidade é forte aliado. “Eu gosto da ideia de que podemos cortar somente a quantidade que iremos usar, evitando desperdício e peças paradas em estoque”, disse a estilista.

 

Margaux:

Em 2015, as colegas de Harvard, Alexa Buckley e Sarah Pierson, apresentaram a Margaux: um e-commerce que vendia sapatilhas feitas sob medida. Atualmente o modelo de negócio evoluiu um pouco: elas transferiram a produção de Nova York para a Espanha, o que permitiu melhor qualidade do produto e capacidade de produção. O grande diferencial são as peças prontas com várias opções de largura, feitas com base nos clientes que já atenderam. Isto resulta em vários modelos a pronta entrega com diferentes modelagens para adaptar aos diferentes pés dos seus clientes.

“Feito sob medida tem sido nosso diferencial, que nos permite entregar a nossa proposta de valor que é o ajuste perfeito.” disse Pierson. A marca tem lojas em Palm Beach, Nantucket e San Francisco.

 

Proper Cloth:

A Proper Cloth, que foi lançada há 10 anos e evoluiu significativamente desde então, é uma marca popular de camisas para homens que usa a tecnologia para permitir que os clientes obtenham um ajuste exato sem precisar sair de casa. A empresa desenvolveu uma ferramenta onde os clientes respondem uma série de questões sobre como gostam das roupas e suas medidas, e a partir disso é criado um produto personalizado.

A empresa também dividiu suas camisas em medidas muito específicas, como a circunferência do colarinho e a largura da manga, com cada cliente recebendo um conjunto específico de dimensões. Além disso, os clientes têm acesso para modificar essas dimensões online, caso recebam a camisa e sintam que ela não está perfeita. O tecido utilizado aceita várias alterações e quando necessário, a peça é refeita.

O próximo objetivo da marca é reduzir os prazos de entrega e os preços pela metade.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Curtir
Please reload

Destaques

Pós-venda: o retorno do cliente pode ser uma oportunidade de ouro.

01.06.2017

1/1
Please reload

Recentes