História das Marcas: Jimmy Choo

26 Sep 2019

 

Filho de um sapateiro chinês, Jimmy Choo Yeang Keat já apresentava sinais do talento para o design de sapatos, e desde os 11 anos de idade desenhava calçados para sua mãe.

 

Com o objetivo de estudar design, Jimmy mudou-se para Londres e iniciou os aprendizados no Cordwainers Technical College (que atualmente é conhecido por London College of Fashion) e se especializou em sapatos artesanais confeccionados com tecidos acetinados, passando a produzi-los sob encomenda para uma pequena amostra de clientes.

Os anos se passaram e Jimmy Choo já havia montado seu ateliê em East End, quando ganhou uma cliente muito especial: a adorável e fashion Princesa Diana! Compondo calçados com pedras preciosas e cristais, os modelos possuíam a elegância necessária para uma princesa como ela, o que os harmonizava com seus melhores looks.

 

Em 1988, a Vogue Magazine produziu um icônico editorial de moda com os sapatos Jimmy Choo, explorando toda a sofisticação e qualidade dos modelos apresentados. Após a publicação, a marca Jimmy Choo ganhou cada vez mais notoriedade e passou a ser a marca número um em produção de calçados das socialites e celebridades mais ricas do mundo.

 

No ano de 1997, a primeira store oficial da marca foi inaugurada! Situada em um dos distritos comerciais e residenciais mais ricos de Londres, Knightsbridge, região com belos jardins e mansões vitorianas. Em seguida, mais quatro unidades foram inauguradas na capital inglesa: em New Bond Street, Draycott Avenue, e duas dentro das renomadas lojas de departamento Selfridges e Harvey Nichols.

 

Curiosidades

  • A cômica personagem de Sarah Jessica Parker em Sex and the City, Carrie Bradshaw, contribuiu para alavancar a fama da marca, citando os icônicos sapatos em várias das cenas

  • A primeira coleção de botas da marca foi lançada em 2001 e resultou em grandes frutos financeiros, possibilitando a expansão das lojas em cidades estratégicas dos Estados Unidos

  • Em 2002 a Rainha Elizabeth II condecorou Jimmy Choo com a Ordem de Cavalaria Britânica, reconhecendo seus serviços para a indústria de calçados e moda do Reino Unido

  • O ano de 2003 foi marcado pelo lançamento da primeira coleção de bolsas da marca

  • Em 2005, foi a vez da charmosa e conceituada Avenue Montaigne, em Paris, receber uma loja da Jimmy Choo com decoração e arquitetura especial inspirada nos anos 40

  • Existe uma certa polemica em torno da marca, que trocou de mãos por 3 vezes, inclusive numa delas ocorreu a saída do próprio Jimmy Choo

  • A marca publica bimestralmente uma revista coincidindo com o lançamento de suas coleções principais

Os dias atuais de Jimmy Choo

Atualmente, a designer da marca é a sobrinha de Jimmy Choo, Sandra Choi, que vem trabalhando um novo conceito e produzindo coleções mais despojadas e joviais, mas sempre mantendo a qualidade, perfeccionismo e requinte tradicionais da marca.

 

Empregando aproximadamente 1.280 funcionários em todo o mundo, o lucro da empresa atingiu 802 milhões de libras no ano de 2017 e crescimento recorde de aproximadamente 14,5% da receita.

 

No Brasil, desde 2010 há uma boutique da marca no Shopping Cidade Jardim, e outra localizada no Shopping Iguatemi, ambas localizadas na capital de São Paulo; e outra no VillageMall, conceituado centro comercial do Rio de Janeiro.

 

Fontes: Jimmy Choo Oficial, Etiqueta Única, blog Fashion NetWork.

Fotos: reprodução do Instagram da Jimmy Choo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Curtir
Please reload

Destaques

Pós-venda: o retorno do cliente pode ser uma oportunidade de ouro.

01.06.2017

1/1
Please reload

Recentes