História das Marcas: Porsche

2 Aug 2019

 

1934. A Alemanha havia sido tomada pelo ditador Hitler, e em meio ao caos ele tinha o plano de motorizar o país.  Para isso, se fazia necessário um automóvel que fosse acessível a todos os alemães. Assim, Hitler designou a tarefa de criar tal automóvel para Ferdinand Porsche, que em parceria com a marca Volkswagen criou o Volkswagen Carocha (que no Brasil é conhecido como Fusca).

 

A história da marca Porsche, entretanto, começou bem antes! Quando Ferdinand ainda era um jovem engenheiro apaixonado por mecânica e eletricidade e projetou seu primeiro veículo, um híbrido elétrico, em meados de 1900.

 

Voltando ao Volkswagen Carocha, esse serviu como base para produção do modelo Porsche 356 que foi lançado em 1948, sendo esse considerado o primeiro Porsche oficial. O modelo parou de ser fabricado alguns anos depois, retomando sua produção em uma linha especial de dez exemplares para uso da polícia holandesa, em 1966.

 

Após o fim da Segunda Guerra Mundial e o período de reconstrução da Alemanha, em 1951, a marca retornou suas origens e se tornou uma fábrica independente.

 

O aclamado modelo Porsche 911 de 1963, inicialmente foi lançado com o nome de Porsche 901, mas por conta de direitos autorais adquiridos pela Peugeot teve que ser alterado. Possuía um motor de seis cilindros na parte traseira.

 

A partir da década de 90, a marca passou a ter preocupações com a segurança ambiental e pessoal de seus clientes: Incluíram airbags frontais nos veículos e lançaram um sistema de controle da emissão do dióxido de carbono, tornando o Porsche 911 Turbo o automóvel com menor índice de emissão do poluente.

 

O veículo mais caro e potente da marca é Porsche Carrera GT e foi lançado em 2003, apresentando motor de dez cilindros, chassis em fibras de carbono e atingindo a velocidade de até 330 km/h.

 

O que poucos sabem sobre a marca, é que ela não se limitou a produzir veículos desportivos. A Porsche Design (responsável pela produção dos demais produtos) chegou a desenvolver cronógrafos, tratores, empilhadeiras e até mesmo churrasqueiras!

 

O cronógrafo é um instrumento utilizado para medir intervalos de tempo, semelhante ao cronometro. O modelo criado pela Porsche era preto e trazia o painel inspirado nos mostradores do veículo, ganhando assim um ar mais esportivo.

 

No campo dos tratores, ganhou mais destaque que a concorrente Lamborghini, pois criou um modelo movido a gasolina designado especialmente a produção de café, já que a fumaça produzida pelo combustível utilizado não alterava o sabor dos grãos. As empilhadeiras foram desenvolvidas para a marca Linde, trazendo prêmios para a Porsche.

 

Financeiramente, a marca obteve grande crescimento nas entregas pela Europa, com 66.551 vendidas de janeiro a setembro de 2018.

 

Antigamente, em 1997, a representante oficial das importações da marca era no Brasil era a Stuttgart Veículos, que em 2015 passou o posto para a Porsche Brasil que assumiu as operações de vendas em um escritório sediado em São Paulo (tornando-se assim a primeira subsidiária da marca na América Latina.

 

Além do sucesso próprio, Porsche carrega uma história de collab com a Volkswagen desde 1969, e em 2007 se tornou a principal acionista da Volkswagen controlando 30%.

 

Para 2025, a marca está com uma estratégia visionária que envolve eletro mobilidade, digitalização, conectividade e sustentabilidade, além de unir os valores tradicionais com tecnologias inovadoras.

 

Fontes de informações e imagens: Porsche Oficial Brasil; blog Carros e Motos; blog Sabedoria & Cia.

Share on Facebook
Share on Twitter
Curtir
Please reload

Destaques

Pós-venda: o retorno do cliente pode ser uma oportunidade de ouro.

01.06.2017

1/1
Please reload

Recentes