• Instituto do Luxo

Os fatores decisivos na decisão de compra para consumidores emergentes


O luxo está em combate com o varejo, que oferece produtos de igual qualidade, mas com preços mais competitivos. As marcas devem se concentrar em atingir os valores fundamentais para captar a confiança dos consumidores emergentes.

Fonte: Brielle Jaekel, Luxurysociety.com

Pesquisas mostram que os consumidores emergentes preferem marcas confiáveis e a qualidade ainda é o maior motor de compra, mas já não deve significar preço alto. O avanço da tecnologia e investimento em materiais de primeira linha colocaram marcas convencionais no mesmo espaço de marcas de luxo.

Atualmente “qualidade” não está gerando decisões finais de compra, os consumidores emergentes tomam a decisão final com base nos símbolos de status, como sucesso, exclusividade e raridade.

Uma pesquisa mundial mostrou que 71% dos consumidores com alto poder monetário acreditam que marcas que não são de luxo podem ter o mesmo nível de qualidade das de luxo. Outro fator importante da pesquisa mostrou que 61% dos entrevistados, quando adquirem algo, procuram se sentir privilegiados, bem-sucedidos e que o produto seja alto raro. E 82% dos entrevistados dão preferência para marcas que compartilham seus valores fundamentais. Portanto, o principal decisor de compra dos consumidores emergentes é o fator “confiança” na sua aquisição.

Os consumidores emergentes de luxo estão evoluindo em seu processo de consideração de compras. Eles buscam uma marca confiável, competente, consistente e que satisfaçam sua necessidade emocional de status.

#bensdeluxo #consumo #decisãodecompra

INSTITUTO DO LUXO © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SÃO PAULO | BRASIL.

ATENDE TERRITÓRIO NACIONAL E INTERNACIONAL.