• Instituto do Luxo

História das Marcas: Twinings


Em 1706, dá-se início a uma das marcas mais antigas e tradicionais do mercado de alto padrão. Thomas Twining adquiriu a cafeteria Master Tom’s Coffee House, que ficava localizada entre Westminster e a cidade de Londres. As coffee houses eram muito populares e reuniam diariamente diversas pessoas, já que o café era um produto muito apreciado na época.


A forte concorrência entre as coffee houses levou o Thomas Twining a inovar. Ele passou a comercializar o chá com a Índia Oriental e se destacou no mercado já que era o único a oferecer chás de qualidade.


O chá era considerado um produto muito caro e sofisticado, e na época o Twinings Gunpowder Green Tea era vendido ao equivalente hoje de R$800,00 por 100g. Sendo assim, Thomas Twining construiu uma nobre reputação por vender apenas os mais finos chás.


Todos da alta sociedade londrina passaram a apreciar o produto proporcionando a expansão da marca. Em 1717, Thomas comprou a casa número 216 da Rua Strand, a mais tradicional loja Twinings, sendo a primeira loja de chás secos e café no mundo.


Em 1837, a Rainha Vitória concedeu sua primeira Autorização Real e tornou a Twinings a única e exclusiva fornecedora e criadora de chás da Família Real, fato que se perpetua até os dias atuais.


A Twinings se tornou a primeira marca do mundo a comercializar chás em sachê, e hoje a marca atua em 115 países e é líder na categoria de chás premium. A qualidade e pioneirismo da Twining não se perderam no decorrer do tempo. Os masters blenders da marca degustam cerca de 4.200 xícaras de chá por semana, para garantir a qualidade, inovação de sabores, e a tradição da Twinings.