• Instituto do Luxo

História das Marcas: Tesla


Design futurista, alta tecnologia, potência e luxo: essa é a receita de um veículo Tesla. A marca se tornou a preferida de muitos milionários, apostando fortemente em seu ar sustentável e ecologicamente correto.

Em 2003, longe do berço automobilístico europeu, no Vale do Silício, um grupo de engenheiros - Martin Eberhard, Marc Tarpenning, Ian Wright, Jeffrey Brian Straubel e o jovem bilionário Elon Musk - decidiram provar ao mundo que era viável projetar e produzir um carro esportivo completamente elétrico.

No dia 1 de julho de 2003 fundou-se oficialmente a Tesla Motors, cujo nome é uma homenagem ao engenheiro elétrico Nikola Tesla. Nikola Tesla nasceu em julho de 1856, em uma região que atualmente pertence à Croácia. Teve como inspiração seu pai, que sempre o incentivava a desenvolver seu raciocínio lógico. Iniciou seus estudos em Engenharia Elétrica e cursou duas renomadas faculdades, e apesar de não concluir a graduação, manteve seu fascínio pelo tema.

Tesla se destacou na área e chegou a trabalhar até mesmo com Thomas Edison em Nova York. Nikola patenteou 700 invenções, entre elas a lâmpada fluorescente, a transmissão de rádio e o controle remoto. Em 7 de janeiro, Nikola Tesla faleceu.

De volta aos anos 2000, o grupo que fundou a Tesla Motors apresentou ao público o primeiro veículo em 19 de julho de 2006, o Tesla Roadster, que funcionava com uma bateria de 6.831 células de íons de lítio, dispensando o motor à gasolina. O primeiro carro foi feito sob encomenda e entregue ao comprador em fevereiro de 2008.

Muitos atribuem o sucesso em torno da marca Tesla Motors à sua atitude e DNA. A empresa provou ser inovadora e causou um grande impacto na história automobilística.