• Contato Instituto do Luxo

História da Marca - Stuart Weitzman


Fonte Imagens: womenatthecenter


Stuart Weitzman é um designer que iniciou sua carreira logo cedo. Stuart aprendeu a confeccionar sapatos de alta qualidade na fábrica de seu pai em Massachusetts no ano de 1955.


Em 1986 decidiu abrir sua própria marca de sapatos e bolsas que leva seu nome até hoje, situada em Long Island, New York, a qual ficou conhecida por usar materiais diferenciados como cortiça, vinil e até ouro nas confecções de seus produtos. Atualmente, a marca possui mais de 70 lojas espalhadas pelo país, mas a maioria de seus sapatos são produzidos em Elda, na Espanha, conhecida por sua sapataria artesanal.


Weitzman acredita que além dos seus produtos possuírem um estilo único e moderno, o conforto acaba sendo seu grande diferencial. E se tornou muito conhecido após fornecer sapatos exclusivos aos indicados ao Oscar com a finalidade de vestirem na premiação, ainda mais depois de produzir a sandália de platina com 464 diamantes de um milhão de dólares, usada pela atriz Laura Harring em 2002.


Em 2013, Stuart Weitzman foi convidado para produzir um sapato para a Disney que na época estava re-promovendo “Cinderela”. O sapato fez tanto sucesso que solicitaram uma cópia para expor na entrada do teatro, onde as crianças puderam tirar fotos calçando o sapato.


No ano de 2015, a marca foi vendida para a Tapestry, uma multinacional americana da moda de luxo, mas mantendo Weitzman como diretor criativo até 2018 quando ele decidiu se aposentar.


Em 2020, a Sociedade Histórica de Nova York organizou uma exposição chamada “Walk This Way”, onde destacaram mais de 100 pares de sapatos produzidos ao longo de três décadas na história da marca. A exposição ficou disponível até janeiro de 2021.