• Instituto do Luxo

5 estratégias que os negócios de luxo podem seguir para sobreviver ao Coronavírus



Mais de 3 mil pessoas mortas no mundo por um vírus que se originou no país que é considerado atualmente o maior consumidor de luxo do mundo. Viagens canceladas, lojas fechadas. No momento, o mercado de luxo está precisando se reequilibrar.


Uma epidemia como essa não pode ser prevista ou controlada nem pelos melhores economistas do mundo. O mercado de viagens foi de longe o mais afetado com viagens de lazer e negócios canceladas. Mas o que as marcas de luxo - sejam elas integrantes de conglomerados gigantescos ou pequenos negócios - podem fazer para se reestruturar e sobreviver ao vírus?

No portal Luxury Daily, publicaram uma lista com as melhores estratégias, algumas até foram utilizadas em outras crises como a de 2008 e compartilharemos com nossos leitores:

1) Renove os relacionamentos, mostre aos seus clientes que você se lembrou deles. Um CRM pode ser uma ferramenta extremamente útil para essa tarefa;

2)Identifique quais são os interesses de seus consumidores fiéis e invista neles ao lançar novos produtos, coleções e serviços;

3) Aproveite o universo online que possui custos de manutenção menores que os de uma loja física, por exemplo;

4) Interaja com clientes e potenciais clientes por meio das redes sociais;

5) Mantenha-se atualizado a respeito de notícias sobre o mercado em que atua e sobre o novo coronavírus.

Essas dicas podem parecer pequenas ou até mesmo irrelevantes devida a amplitude dos efeitos financeiros que esse vírus tem acarretado, mas aplicando-as ao seu negócio de luxo, poderá notar a diferençapositiva e colher os frutos em breve. A estratégia de diferenciação está nos pequenos detalhes.


INSTITUTO DO LUXO © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SÃO PAULO | BRASIL.

ATENDE TERRITÓRIO NACIONAL E INTERNACIONAL.