• Instituto do Luxo

O futuro dos cruzeiros de luxo



Apesar de novos designs e ampliação dos modelos de embarcações, um novo relatório da MSC Cruises intitulado como "O Futuro da Experiência do Hóspede", revelou que não é apenas isso que melhorará a experiencia do hospede num futuro próximo.


A área náutica de luxo enfrenta o desafio de projetar embarcações que permaneçam com alto padrão para os hóspedes, mesmo depois de 20 ou 30 anos de sua inauguração. As marcas precisam alinhar a visão do futuro com o estilo atemporal.


O relatório apontou que a tendência para os cruzeiros será de oferecer experiências impactantes e máximas, prevendo que: “o luxo será hiper luxuoso, os spas serão super revitalizadores e o entretenimento será 5D".


Outro ponto são as experiencias personalizadas através da tecnologia com wearables – tecnologia que identifica dados e pode ser usado como vestuário ou acessório, sendo que vem se tornando cada vez mais populares – os quais avaliaram o comportamento dos hospedes com o intuito de indicar a melhor forma de tratamento para a equipe de atendimento.


As cabines poderão ter sensores que rastreiam através dos batimentos cardíacos e expressão facial, as emoções do hóspede, permitindo que as luzes, temperaturas e até mesmo cenários se adaptem ao momento emocional dele.

Apesar de toda essa tecnologia, os hospedes não deixarão de buscar conexões humanas, trazendo a ascensão de entretenimentos que interagem com o público, mas não requerem o conhecimento de um idioma específico, tornando a interação mais abrangente.


Diretamente ligados ao mar, os cruzeiros têm a missão de proteger os oceanos e o meio ambiente no geral, incentivando programas e viagens sustentáveis.

Com base no relatório, podemos concluir que a aplicação de todas essas tendências, facilitam e tornam as experiencias mais impactantes positivamente.



Fonte: texto traduzido e adaptado de Departures Magazine.


INSTITUTO DO LUXO © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SÃO PAULO | BRASIL.

ATENDE TERRITÓRIO NACIONAL E INTERNACIONAL.