• Malu Albertotti

Imóveis de Luxo recuperam as vendas no terceiro trimestre de 2019


Após maus bocados no primeiro semestre de 2019, as vendas de casas de luxo tiveram alta de 3% no terceiro trimestre do ano.

Segundo o último relatório da Redfin – renomada corretora de imóveis fundada em Seattle – as propriedades com valor superior a US$ 1,5 milhão apresentaram aumento de 3,2% nas vendas, enquanto as propriedades com valor inferior a US$ 1,5 milhão (mas ainda consideradas de luxo) aumentaram suas vendas em 2,9%, indicando uma possível recuperação no segmento de imóveis de luxo.

Daryl Fairweather, economista-chefe da Redfin, afirmou que a economia americana cresceu mais rápido do que o esperado no terceiro trimestre e isso contribuiu com a estabilização do mercado de luxo devido a gastos certeiros do consumidor. A imobiliária de luxo ainda disse que se nota um sentimento de segurança das pessoas diante seus empregos e isso facilita as grandes aquisições.

Comparado ao mesmo período de 2018, o preço médio das propriedades de luxo vendidas teve aumento de 0,3%, passando para US$ 1,6 milhão. A área que apresentou maior aumento no mercado de luxo foi na Flórida, principalmente em West Palm Beach, com superação de 128,3% atingindo o valor de US$ 3,7 milhões.

Um dos principais fatores que impulsionou o aumento dos preços na região foi a venda de dezenas de condomínios recém-construídos com valor entre US$ 4 milhões e US$ 12 milhões. Seguindo West Palm Beach, temos Clearwater e Delray Beach respectivamente. Em contrapartida à Flórida como um todo, o mercado de luxo imobiliário de Miami caiu 3,8% no terceiro trimestre.

Para o resto do ano, as perspectivas são boas na visão de Fairweather, mesmo com a tensão econômica global, mas ressalta que a economia é imprevisível e suscetível a mudanças rápidas. Mesmo que ocorra uma recessão econômica no futuro, o setor de habitação costuma ser o último afetado e dificilmente ocorrerá a mesma crise no setor que ocorreu em 2008.

Fonte: Luxury Daily


INSTITUTO DO LUXO © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SÃO PAULO | BRASIL.

ATENDE TERRITÓRIO NACIONAL E INTERNACIONAL.